+34 987 78 11 83 | +34 690 76 80 40 labastideduchemin@gmail.com
A minha prima esteve cá.

claudia

A mãe dela é uma das pessoas que mais gosto…. conhece-me faz muitos anos. Tem 92 anos, é viúva e já sepultou 2 filhas. Tem esta filha, a última, a mais nova, viva ainda. Já viveu muito. Foi professora. Lembro-me dela ser má como as cobras e aos poucos, conforme me fiz mulher e ela foi “apanhando” da vida, comecei a curtir muito dela. Hoje é uma referência de mulher para mim.

Conversa vai, conversa vem, perguntei-lhe o que é importante, ou o mais importante na vida.

Ela disse-me que a importância das coisas, tem a ver com a idade. Há coisas importantes aos 20 e aos 30….  os amigos, a mulher/marido, o trabalho. Aos 40 outras coisas são importantes, a carreira, o dinheiro, os filhos e começa-se a olhar para a frente e para trás. Os amigos já se contam pelos dedos e os conhecidos não cabem já nos dedos das mãos. O importante agora é ser verdadeiro no espelho. Difícil mas necessário. É normal que ocorram grandes mudanças na vida pessoal (divórcios, mortes – seja de entes queridos ou de ideias ou até de mudança de carreira ou estratégia de vida). As décadas não são necessariamente decalagens de 10 anos, é um pressuposto.

Aos 50 a vida começa a aquietar-se. O que não está bem já não faz sentido. O que não se viveu… tem-se pena. O sentido de egoísmo emerge. Crê que por dentro há uma noção de “quase fim” e de querer ser “feliz” (se ainda não é, ou não se foi). Agora vê-se com clareza que o importante é aquilo que somos, e quem somos, temos o direito absoluto a ser feliz. Cada vida é única e não volta um minuto, um segundo, atrás para refazer. Há quem se resigne e se perca no marasmo triste, há quem se regozije de finalmente ter a lucidez e coragem de ser.

Cada vida é única e sua. Ser feliz é o fim ultimo. Para que quando chegue aos 92 a vida interna seja tão plena que isso baste.

 

 

By Fátima Gouveia

Últimos Posts

Comentarios recientes

Si continuas utilizando este sitio aceptas el uso de cookies. más información

Los ajustes de cookies de esta web están configurados para «permitir cookies» y así ofrecerte la mejor experiencia de navegación posible. Si sigues utilizando esta web sin cambiar tus ajustes de cookies o haces clic en «Aceptar» estarás dando tu consentimiento a esto.

Cerrar